Principais erros cometidos pelas empresas nas redes sociais

Que o Facebook e o Twitter são ferramentas muito poderosas para a disseminação de conteúdo e para se aproximar mais de seus clientes, bem como conseguir novos, todos já sabem. Mas que a ferramenta pode proporcionar efeito contrário, alguns ainda não perceberam. Elaboramos uma lista dos principais erros cometidos pelas empresas nas redes sociais, para evitar que você caia nas armadilhas que muitos estão caindo.

  • Não ter um objetivo definido: criar uma fanpage ou um perfil no Twitter só porque todos o fazem é uma péssima ideia. Tenha em mente o que pretende alcançar, trace metas e objetivos e corra atrás deles. Não comece nenhuma jornada sem saber onde quer chegar.
  • Erros de língua portuguesa: utilize o corretor ortográfico. Esquecer acentos, excesso de gírias, erros bizarros na ortografia, etc. são no mínimo motivo de piada, e causarão o tipo de marketing negativo que você não vai querer.
  • Spam: maldita prática que veio do e-mail direto para as redes sociais. As pessoas decidiram seguir sua marca e você vai retribuí-las com lixo eletrônico? Ninguém gosta de ser entupido com “informações” não solicitadas.
  • Divulgar apenas seus links: aproveite todo o potencial de cada ferramenta que utilizar. Produza vídeos, utilize as enquetes, tenha conteúdo próprio para cada rede social, etc. Limitar-se a postar links para o blog ou site é desprezar o potencial das redes sociais.
  • Divulgar conteúdo particular: pode crer que a maioria de seus clientes não quer saber para qual time você torce, qual partido político defende ou se gostou ou não do vídeo engraçadinho de gatinhos que achou no Youtube. Assim como faz na vida off-line, separe os negócios da vida pessoal para evitar problemas futuros.
  • Retwitar ou compartilhar elogios feitos no Facebook: esse tipo de prática só deve ser realizada quando o elogio vem de algum site ou pessoa influente, e que seja especialista de sua área. Não que não seja importante quando um cliente elogia, mas pode ser interpretada como amadorismo ou mesmo arrogância da empresa. Tenha certeza que seus fãs mais fiéis vão ler os elogios que fizerem a você, mesmo sem você compartilha-los.
  • Não compre seguidores, curtidas ou fãs: essa prática só lhe dará um público que não é o seu, inchando seus números, porém não impactando nos resultados. Além disso, correrá o risco de ser penalizado pela rede social se descoberto. Se tiver dinheiro para investir, invista em Facebook Ads, por exemplo.
  • Identifique-se: não se esqueça de colocar sempre e-mail, telefone, site, e outras formas de contato em seus perfis. Se for uma “empresa física”, jamais deixe de divulgar seu endereço – isso trás muita credibilidade.
  • Desprezar fãs e seguidores: responda sempre que comentarem, ou perguntarem, e faça isso o mais rápido possível. Mesmo as criticas devem ser respondidas, não descuidando nunca dos bons modos, claro: bater boca com o público jamais – em caso de provocações simplesmente ignore.
  • Não analisar estatísticas: é um passo muito importante de qualquer estratégia analisar seus números. Com esses dados fornecidos pelas próprias redes sociais é possível mensurar o progresso, o retorno sobre o investimento, quais melhores horários e dias para postar, quais os conteúdos que mais geram leads, etc.

Com as redes sociais é possível estreitar o relacionamento com seu público, porém como toda comunicação é uma via de mão dupla, não espere receber apenas elogios. As críticas e reclamações serão mais comuns do de você pode imaginar.

Fonte: Marketing Futuro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s